terça-feira, novembro 21, 2006

Chama

queima ativa
de corpos
...fagulha
de medo

...boca
saliva solar
em fusão
veloz...

num forte
pulsar
...ao som
do poro
aberto

sol ao longe
a borrifar luz
...paixão
e desejo

na pele crua
...cala a noite
vermelha

...volúpia
em sonho
sentir...
...voltar
acordar

Cláudia Gonçalves

2 comentários:

simone disse...

iaiaiaia
que lindo!!

Anônimo disse...

Claudinha,Poetisa!!
Ave Maria...Me chama que eu vou...
Lindo!!
Sou suspeita de comentar qualquer poesia sua...Uma fã sem medidas,não tem condições de opinar sobre a genialidade de seu Ídolo.
Mas vc arrasa,querida!!!
entontece e deixa sem palavras qualquer mortal.
Beijos da Lady Vania.