quarta-feira, setembro 12, 2007


desCaso

A ferro e fogo
marcados estão
com o prato vazio
...o sorriso tragado
por promessas em vão

no coração só mágoa
o sol? só uma bola
de onde desce o calor

na água do poço
não há reflexo
...só lama e dor

olhando a lua
o que vêem é o breu

estrelas?
beleza não têm
...só mesmo tristeza

medo até de dormir
pavor de acordar
são homens sem teto
com medo de amar

Cláudia Gonçalves

7 comentários:

Concha disse...

Nossa!
Cacau teu poema é maravilhoso...
Adorei, me emocionou, me levou
ai onde tu estavas quando o escreveste
Obrigada por este poema,
por partilhá-lo, e mesmo por o escrevê-lo
que é um tesouro...
Love U grande poeta :)
Concha Rousia

Lady Vania de Tróia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lady Vania de Tróia disse...

Poeta,
Sempre me emociona esse teu jeito frágil e ao mesmo tempo forte de escrever o que vem na tua transparencia de alma.Adorei compartilha-lo,ler e absorver nas entrelinhas o que vi e recordei.Ler-te é vital.
beijos de admiração dessa tua fã incondicional.

beijos sabor de Cacau.

Lady Vania de Tróia disse...

Claudinha,
sempre passando por aqui para lêr-te e aprender-te. Fala sério,você é cultura e entretenimento de mais alta qualidade.Inspiração que vem do Céu,dom que os maiores Deuses te atribuíram num momento de êxtase...Parabéns,Poeta!!!
Celebro-te!!!
beijos sabor de Cacau.

Maria Flor disse...

Cacau querida, voce tem o dom de me fazer feliz com seus poemas...Lindos !!! Viva Cláudia!!!! uma ternura só. Delícia de se ler.

Maria Flor disse...

Cacau, Claudia, Poesia, alegria...coisa mais linda de se ler, refletir e gudar na memória...Esse seu poema é de arrepiar aqueles que vivenciaram os anos de Chumbo...Amei, vou gravar na minha lista da memória como uma obra prima. A sua bênção, poeta. beijos.

Analuka disse...

Sim, triste... tocante e comovente, teu poema, querida: faz pensar, refletir e desejar lutar por um mundo mais justo, onde todas as almas possas ser livres para ouvir as estrelas. Beijos alados.